Seguidores

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

ONDE IRà PARAR ESTE MUNDO?

HOJE IA A SAIR  PARA O TRABALHO,QUANDO FECHO A PORTA,VEJO A SENHORA DA LIMPEZA DO PREDIO COM A MINHA VIZINHA DO LADO A FALAREM,LOGO A MINHA VIZINHA,PERGUNTOU:
-VC JA SABE O K ACONTECEU A VIZINHA,DO REZ DO CHAO,MADAME M....LI.

RESPONDI.

-NAO,O K é K ACONTECEU?

ELA RESPONDE.

MADAME M....LI,FOI ASSALTADA.
FIQUEI EM ESTADO DE CHOQUE,ESTES ULTIMOS TEMPOS,TEM HAVIDO AQUI TANTOS ASSALTOS QUE,NAO SEI ONDE ISTO VAI PARAR.
FAZ TEMPO QUE 3 INDIVIDUOS,POEM-SE SUPOSTAMENTE A COMER,NUM BANCO REDONDO QUE Hà EM FRENTE AO PREDIO,POEM-SE SENTADOS ESTRATEGICAMENTE QUE,SEM ESFORçO CONTROLAM AS 10 ENTRADAS DOS PREDIOS.SABEM QUANDO SAIMOS,ENTRAMOS,O TEMPO Q DEMORAMOS.


EU PERGUNTO-ME QUANDO  é QUE ISTO VAI PARAR,ANDA MEIO MUNDO A TRABALHAR PARA OUTRO MEIO(isto para nao dizer q é um terço a trabalhar para dois terços)QUEREM TUDO O K HA DE MELHOR NA VIDA E COMO NAO HA TRABALHO,OU POR QUÊ TRABALHAR QUANDO SE PODE ARRANJAR DINHEIRO FACILMENTE(bom eu nao acho).
ESSA SENHORA COM 80 ANOS + OU -,FICOU SEM O DINHEIRO Q TINHA EM CASA,NAO SEI QUANTO ERA(tbm nao interessa),PARA ELA TER FICADO NAQUELE ESTADO TERA SIDO BASTANTE.
FALASSE Q SAO ROMENOS(gente da rumenia)QUE FAZEM ASSALTOS DE DIA,A SEGUIR AO ALMOçO(pq os velhotes fazem a sesta e tiram o aparelho auditivo) com duraçao de 2/5 minutos.
PORQUÊ?PORQUE NAO PODEMOS ESTAR DE ALMA TRANQUILA(fez-me lembrar daquela vez em q 1 portugues me bateu a porta a pedir q lhe mostrasse a minha familia e as chamadas anonimas).
GENTE,AS PESSOAS TEM AS COISAS,LUTARAM PARA AS TER,PORQUE é QUE TÊM DE FICAR SEM ELAS,NAO PERCEBO.
AS VEZES PERGUNTO-ME PARA Q HEI-DE GASTAR DINHEIRO A COMPRAR COISAS BOAS OU NOVAS,SE FOREM VELHAS OU USADAS (essas pessoas nem lhe pegam).
ASSIM NAO GASTO MUITO DINHEIRO,NEM CORRO O RISCO DE FICAR SEM ELAS.
PORQUE é QUE O MUNDO SE ESTRAGOU ASSIM?

NAO TENHO RESPOSTA,NAO PERCEBO,NEM CONCORDO.
ESTOU INDIGNADA COM A TORNURA QUE O MUNDO ESTà A LEVAR.

SEREI EU K ESTOU ERRADA,NAO ME PARECE,MAS TBM NAO CONSIGO ESTAR DESCANSADA

BJOKAS ENVIADAS DE GENEBRA PARA TODAS VCS,JA ANDO UM POUCO MAIS POR CA,QUALQUER DIA VIREI AINDA MAIS.

ATé BREVE

5 comentários:

Turista disse...

Olá Elisabete, pois parece que a insegurança, cresce por todo o lado. Quem diria que aí, se estariam a debater com esse problema?
Enfim...

Augusta disse...

Olá Elisabete

Infelizmente é no mundo que estamos.
Ninguem respeita ninguém. Andamos sempre com o coração nas mãos.
Um óptimo fim de semana.
Beijinho grande

Augusta

Wilma Cherri disse...

Oi amiga, quero dizer que aqui onde moro em Mauá-SP, temos os mesmo problemas, como no País todo, dias atrás fui ao médico , e quando sai para pegar o ônibus um rapaz sentou perto de mim e me pediu 1 real, qndo olhei pra ele um rapaz novo e estava com os braços cruzados e com a mão aberta por baixo, quer dizer se eu pegasse a carteira para dar a êle o dinheiro que me pedia êle me tomava era tudo, antes que me roubasse eu sai correndo voltando ao consutório, estamos muito insegura,segurança zero,bem amiga em todo lugar é assim os políticos prometem e depois esquecem, bom estava com saudades de vc, bjsss e boa semana.

cristina vilela disse...

Amiga...isso esta virando uma rotina...parece ate normal....a cada dia que passa.....nao temos mas paz nem fora e nem dentro de casa....bejos

lenalima disse...

Há insegurança em todos os lugares,não sei onde vamos parar com um mundo assim.
abraço!!!